fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
  • +55 (33) 3523-1870

Angelândia

Cidade Jardim

A bucólica Angelândia conta com belos jardins que encantam o olhar de moradores e visitantes. A cidade também é berço de imensos cafezais e do primeiro posto militar que deu abrigo para os desbravadores da região do nordeste de Minas Gerais. Em julho, Angelândia realiza a Festa do Café que atrai milhares turistas da região e de outros lugares do país.

Em meio aos seus cafezais, Angelândia guarda boa parte da riqueza histórica e cultural da região nordeste das Gerais!

Com 20 milhões de cova de café e uma produção média anual de 130 mil sacas, o município de Angelândia, situado no Alto do Vale do Jequitinhonha, é um dos maiores “Parques Cafeeiros do País”. No mês de julho, quando o frio do inverno recobre as intermináveis plantações, a cidade realiza a sua maior festividade em homenagem a este fruto que dá vida e movimento a economia local. A Festa do Café reúne em seus dias de realização, visitantes de toda a região e anima a cidade com uma programação que vai desde concursos até shows de artistas nacionais consagrados.
Mas não é só através dos cafezais que Angelândia mostra a sua riqueza. A história do município também revela passagens importantes que marcaram para sempre a formação do Nordeste Mineiro. No sítio histórico de Alto dos Bois, povoado de Arrependido, distante 10km do centro, ainda é possível encontrar o local que no Século XVIII serviu de posto militar para dar proteção aos viajantes garimpeiros e fazendeiros, dos índios que saqueavam a região e, principalmente, para dar cobertura ao transporte de ouro proveniente de Minas Novas.
Alto dos Bois também marca o início da Estrada de Santa Clara, a primeira estrada de rodagem do Brasil, que foi planejada pelo estadista Teóphilo Benedicto Ottoni, em meados do Século XIX, com o propósito de ligar o estado de Minas ao mar do Sul da Bahia. A via funcionou durante muito tempo e passava por alguns dos atuais municípios desta região, como Teófilo Otoni (antiga Philadélphia) e Nanuque (antigo Porto de Santa Clara), de onde as pessoas e as mercadorias seguiam então de barco o curso do rio Mucuri até a sua foz, já em litoral baiano. Contudo, para vivenciar toda a história e cultura local, só mesmo estando em Angelândia saboreando um café genuíno e de preferência com o seu povo pra lá de acolhedor.

Hospedagens


Hotel Sinhá

Endereço: Praça Antônio Dias, 612 – Centro.
Telefone: Tel: 33 3516-9148.

Pousada Cintra

Endereço: Avenida Vicente Pêgo, 63 – Centro.
Telefone: Tel: 33-98832-7441.

Bares e Restaurantes


Restaurante Tradição Mineira

Endereço: Rua Militão Gomes, 49 - Centro
Telefone: 33 98847 - 8349

Restaurante Shalon

Endereço: Rua Nunes de Souza, 186-Centro.
Telefone: 33- 3516-9013.

Restaurante e Lanchonete 5 Estrelas

Endereço: Praça Antônio Dias, s/n - Centro
Telefone: 33 98845-2133.

Atrações Turísticas


Fazenda Primavera

-

A Fazenda Primavera é tida como referência em produção e exportação de grãos finos de café. O local conta com área com total infra-estrutura para plantio, secagem, armazenamento e torrefação de café, além de pista de pouso para pequenas aeronaves. O acesso é feito por estrada de terra em bom estado de conservação o ano todo e com sinalização própria. Visitas devem ser agendadas com antecedência na sede da fazenda, pois dependem da disponibilidade de funcionários para acompanhamento visitantes. Contatos pelos telefones: (33) 3516 1499 / 3516 1910/ 3516 1344. Recomenda-se também que a visita seja feita com o acompanhamento de morador local que conheça a região.


Banda de Taquara da Comunidade dos Moreiras

-

A Banda de Taquara da Comunidade dos Moreiras é uma banda cultural bem tradicional em Angelândia. Costuma se apresentar em eventos religiosos do município. Os instrumentos são formados por madeira de taquaras e seus músicos são antigos moradores da região.


Praça Antônio Dias

-

Localizada no centro de Angelândia, a Praça Antonio Dias conta com um belo jardim e a Igreja Matriz da cidade.


Sítio Histórico de Alto dos Bois

-

A fazenda de Alto dos Bois, localizada no povoado de \"Arrependido\", distante cerca de 10km do centro da cidade de Angelândia, funcionou como um posto militar que tinha por finalidade dar proteção aos viajantes garimpeiros e fazendeiros que transitavam pela região do Nordeste de Minas Gerais, nos idos de 1729. Nesta época, era comum o ataque e saque dos índios aos transeuntes.O local também servia para dar cobertura ao transporte de ouro proveniente da região de Minas Novas. Atualmente na fazenda ainda vivem os descendentes dos primeiros habitantes desta região. A vegetação na área varia de resquícios de Mata Atlântica, manchas de Caatinga, passando por Cerradinho e Capoeira. O lugar também foi palco de Intensa atividade durante o ciclo do ouro e possui inúmeros testemunhos desta época, como ruínas, minas, desmontes e até um cemitério antigo onde estão enterrados alguns antepassados. Os córregos Fanadinho e Capão que passam por Alto dos Bois possuem grutas e cachoeiras com água limpa e cristalina, boas para banho.. Para visitação é necessário comunicar antecipadamente os proprietários da fazenda e estar acompanhado de um morador que conhece a região. Não há sinalização para o local. O acesso é feito por estrada de terra com alguns trechos sem bom estado de conservação. Maiores informações no setor de turismo da Prefeitura Municipal: (33) 3516 9000.


Centro Cultural Professora Hermelinda Gandra

-

O Centro Cultural Professora Hermelinda Grandra fica localizado no centro de Angelândia, próximo a Praça Antonio Dias. O local conta com acervo de imagens e utensílios de época, além de mostra de artesanato que retrata um pouco da história e da cultura do município. Fica aberto de segunda a sexta-feira, das 08:00hs as 17:00hs. Informações: (33) 3516 9000- Prefeitura Municipal de Angelândia.

Vídeos

fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar

Associação do Circuito Turístico das Pedras Preciosas
Avenida Visconde do Rio Branco, 730, Centro, Teófilo Otoni-MG. CEP: 39800-118.

+55 (33) 3523 1870.